Notícias
Destaques
Artigos
Outros mercados
Banco de imagens
Parceiros
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB
Destaques
2015-01-14

Apesar dos indicadores de consume não serem os mais animadores, a distribuição não congelou os seus investimentos, como se pode verificar pelo “tour” que fizémos pelas notícias publicadas em 2014 sobre aberturas de novas lojas, remodelações e novos conceitos.

O ano de 2014 começou com a remodelação da loja AKI de Alverca (...)

Seguiu-se a Apple, que abriu um novo espaço (...)

Pode ler o artigo completo na última edição impressa ou descarreguá-lo aqui em pdf bastando fazer o registo GRATUITO no site Rm-Premium ( ainda em fase de lançamento)

2015-01-14

E em Portugal, o que aconteceu de mais relevante em 2014?

Foi também um ano dinâmico e de forte aposta no digital. E um ano de comemorações, com o aniversário da Fnac, os 10 anos da Media Markt, os 20 anos do Grupo Os Mosqueteiros e os 50 anos da Makro.

Pode ler o artigo completo na última edição impressa ou descarreguá-lo aqui em pdf bastando fazer o registo GRATUITO no site Rm-Premium ( ainda em fase de lançamento)

PUB
2015-01-14

Termina mais um ano com muitas mudanças tanto ao nível internacional como em Portugal, juntámos os principais acontecimentos deste ano com algumas tendências para o futuro para que possa rever 2014 e preparar 2015..

Apesar da conjuntura pouco favorável, 2014 foi um ano dinâmico e com fortes movimentações, tanto ao nível de insígnias como de produção. Assistimos a alianças estratégicas, aberturas, retiradas de mercados menos interessantes, sendo que a principal tendência residiu na clara aposta na diversificação de canais, formatos e serviços para estar mais próximo do consumidor.

Pode ler o artigo completo na última edição impressa ou descarreguá-lo aqui em pdf bastando fazer o registo GRATUITO no site Rm-Premium ( ainda em fase de lançamento)

2014-01-18

Se não recebeu a revista impressa, pode lê-la agora online. Agora já pode consultar todas as edições impressas da Revismarket, desde 2010

Leia a última edição da revista impressa N.º 50- Edição de Dezembro de 2013

Contactos Revismarket:

Carina Rodrigues (Redacção): redaccao@revismarket.com - 934130605

Cidália Ribeiro (Direcção): cirib@revismarket.com - 914034879

2013-09-12

Passaram já quatro anos que o retalho deixou de comprar produtos da Miele. Os electrodomésticos estão nas suas lojas, são propostos aos clientes, mas os retalhistas não os compram à marca. Corria o ano de 2009 quando a empresa alemã veio propor ao mercado uma forma completamente disruptiva de encarar o negócio e o triângulo da relação entre a marca, a loja e o consumidor. Uma nova proposta de valor em que os clientes da Miele são, única e exclusivamente, os consumidores finais, cabendo aos retalhistas o papel de parceiros, num sistema em que a marca assume todos os riscos e custos de comercialização dos seus produtos. Hans Egenter, director geral da empresa, não tem dúvidas de que esta inovação comercial e toda a mudança de mentalidades associada compensaram. Com benefícios claros para os consumidores, para o retalho e também para a própria marca.

PUB
Banco de imagens



Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos