Notícias
Destaques
Artigos
Banco de imagens
Parceiros
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB
Artigos
2009-04-16

Carlos Pinto Ascensão, Partner da Esinow e Director do Portal Webmarketing, estudou a visibilidade do sector Electro na Internet e apresenta as conclusões no artigo de opinião do próximo de destaque da edição impressa.

PUB
2009-04-14

As vendas de produtos de marca própria em todo o mundo deverão acelerar este ano, segundo uma nova pesquisa do Planet Retail. Os retalhistas empreendem estratégias mais sofisticadas para as suas marcas, para combater a crise económica, ao ponto de começarem a surgir nos lineares novas formas híbridas de marcas da distribuição. Um outro estudo recente da Information Resources Inc. (IRI) confirma que, do lado do consumo, os consumidores de todos os níveis de rendimento estão a adoptar as marcas próprias numa estratégia de poupança de dinheiro. Os clientes olham para as marcas sob a lente da rentabilidade e mostram um interesse revigorado nas marcas de distribuição desde o início do tormento económico.

2009-04-06

O Gestor de Produto, mais usualmente conhecido por Comprador, tem vindo a perder autonomia, mas continua com uma enorme responsabilidade. Considerada por quem a exerce como uma das mais atractivas e emocionantes da distribuição, a função de comprador mudou muito mas continua a ser um posto farol para a rentabilidade da insígnia.

2009-03-11

A subida do desemprego e a insegurança aparecem como elementos de inquietação aos olhos do consumidor. Percepciona a realidade da crise e reage. O CRIOC analisou as preocupações dos consumidores sobre o poder de compra e as eventuais modificações nas limitações das despesas durante os últimos seis meses.

2009-03-11

O contexto económico, social e político actual é determinado por uma crise de crédito abrupta, de proporções globais e consequências profundas (credit crunch). Diariamente somos surpreendidos com notícias sobre o grande desconcerto vivido nos mercados: queda bolsita a nível mundial, aumento das falências, aumento de incumprimentos de obrigações pecuniárias, queda do consumo, aumento da taxa desemprego, etc. Em consequência, como afirmou recentemente Paul Krugman (prémio Nobel da Economia de 2008) “a crise esgotou o capital em toda a parte”! Neste cenário, não é estranho que os empresários estejam cada vez mais preocupados com a saúde financeira das empresas que representam.

PUB
Banco de imagens



Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos