Notícias
Destaques
Artigos
Banco de imagens
Parceiros
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB

Grupo Miele atinge 7,5% de crescimento do seu volume de negócios
2022-03-29

Grupo Miele regista vendas de 4,84 mil milhões de euros em todo o mundo no ano comercial de 2021, mais 7,5% do que no ano anterior. Em Portugal, a Miele atingiu um crescimento em vendas de 14%.

Com os seus produtos particularmente duradouros e eficientes em termos energéticos, o seu recente primeiro passo para a utilização de aço verde e neutralidade de CO2 nas suas instalações, a Miele está a intensificar ainda mais os seus esforços para alcançar os objetivos do acordo de Paris sobre as alterações climáticas. O programa de crescimento e eficiência Design2Excellence (D2E), com o qual a Miele se realinhou completamente, foi levado a bom termo. No final do ano, houve um total de 21.921 pessoas empregadas na empresa familiar, mais 977 do que no ano anterior. Também na Alemanha, a mão-de-obra tem crescido.

Os negócios do Grupo Miele caraterizaram-se por dois desenvolvimentos fortes, mas contrastantes durante o ano passado: por um lado, o muito publicitado «boom» histórico no setor doméstico desencadeado pela COVID-19 proporcionou (e proporciona) um grande impulso. Por outro lado, a Miele sentiu o impacto da rotura nas cadeias de fornecimento mundiais, em particular no que diz respeito aos semicondutores. No entanto, em termos globais, em 2021 foram construídos e vendidos mais produtos do que nunca na história de 123 anos do fabricante alemão de elevada qualidade. As encomendas em mãos no início do novo ano estão também mais altas do que nunca. A fim de reduzir os prazos de entrega que atualmente são, em parte, muito mais longos do que o habitual, a Miele está a produzir em todas as instalações de produção com a maior capacidade possível.

As perspetivas para o resto do ano, porém, são dominadas pelas repercussões políticas e económicas da guerra na Ucrânia, onde a Miele é representada pela sua própria filial, como é também o caso na Rússia. O Conselho Administrativo e o pessoal do Grupo Miele estão profundamente chocados com o sofrimento das pessoas na zona de guerra e nas rotas de evacuação. Há uma grande onda de solidariedade em todo o grupo, começando pela proteção dos 54 colaboradores da Miele na Ucrânia, e das suas famílias, mas indo também muito além disso. Devido à situação geopolítica e às incertezas resultantes, o Grupo Miele suspendeu o fornecimento de aparelhos à Rússia indo ao encontro e além das sanções da UE. Isto aplica-se com efeito imediato e até novo aviso. Os produtos para o setor da saúde continuam isentos até ao momento, uma vez que não são abrangidos por sanções. As próprias lojas da empresa (Miele Experience Centers) e a loja virtual já estavam fechadas na semana passada. Do mesmo modo, os investimentos no mercado foram congelados. O emprego dos mais de 230 membros do pessoal e os seus salários estão garantidos para os próximos seis meses, pelo menos.

Desenvolvimentos positivos em todas as regiões e categorias de produtos

Com o crescimento das vendas a estes níveis, o Grupo Miele cresceu consideravelmente mais depressa do que a média a longo prazo. Este é um feito para o qual, sobretudo, a Europa Oriental, a China e os EUA deram uma contribuição particularmente forte. Na Alemanha, as vendas da Miele atingiram 1,39 mil milhões de euros, aumentando 5,1% a um nível já muito elevado. As 25 lojas da marca Miele recentemente inauguradas, por exemplo em Doncaster (perto de Melbourne), Düsseldorf, Edimburgo, Pequim, Tallinn e Varsóvia, dão um novo impulso à presença mundial da marca Miele e servem de inspiração a clientes, revendedores e arquitetos. Em agosto, arrancou o Miele Lounge na Munich Allianz Arena, peça central da cooperação da Miele como parceiro exclusivo dos eletrodomésticos do FC Bayern München na Alemanha e na China.

Apesar dos problemas no fornecimento de semicondutores anteriormente descritos, as vendas desenvolveram-se positivamente em todos os grupos de produtos, em particular na refrigeração, cozinha e lavagem de louça. Mas também na área da lavandaria e dos cuidados com o chão e no fabrico de café, as vendas unitárias e o volume de negócios são em parte significativamente mais elevados do que no ano anterior. Isto pode ser atribuído ao «boom» acima mencionado, mas também à atratividade das gamas de modelos atuais e ao seu alinhamento com os princípios de conservação de recursos e proteção climática.

Impulso acrescido através de caraterísticas inovadoras e sustentáveis do produto

Os negócios com frigoríficos e congeladores, por exemplo, beneficiaram em grande medida da maior procura de um armazenamento de alimentos fiável e prático. As caraterísticas inovadoras do produto são mais uma mais-valia, tais como o sistema de frescura PerfectFresh Active, que liberta uma fina névoa de água para manter a fruta e os vegetais frescos por até cinco vezes mais tempo, ajudando assim a retardar a deterioração dos alimentos.

Os novos aparelhos de encastrar da Geração 7000, tendo concluído com muito sucesso o seu lançamento no mercado mundial durante o período abrangido pelo relatório, destacam-se pelos seus sistemas inteligentes de assistência à cozinha criativa e pelos resultados de primeira qualidade que só a Miele disponibiliza desta forma. Também no setor da limpeza de pavimentos a Miele está posicionada de forma convincente com os aspiradores compactos (com e sem saco para o pó), nos setores de aspiradores verticais sem fios e robôs de aspiração.

A Miele marca pontos pela longevidade do produto, eficiência energética e neutralidade de CO2

Além disso, só a Miele testa as suas máquinas de lavar roupa, máquinas de secar roupa, máquinas de lavar louça, fornos, aspiradores (com fios) e outros produtos para uma vida útil de 20 anos. Quase todas as máquinas de lavar roupa cumprem os requisitos muito rigorosos para a nova classificação de eficiência energética «A» e, graças ao processo patenteado PowerWash, os utilizadores podem lavar cargas tão pequenas como apenas 1 kg de forma energeticamente eficiente.

Desde o outono passado, as máquinas de lavar louça da Miele estão também representadas na classe «A» de eficiência energética, a mais alta que pode ser atingida. Mais de metade de todos os aparelhos Miele postos em circulação são compatíveis com a conectividade. Isto permite atualizações remotas, por exemplo, disponibilizando, de forma simples e conveniente, novas funções atrativas aos modelos que estão em funcionamento há anos. Oferece também a perspetiva de reduzir as chamadas de assistência técnica.

Desde 2021 que a Miele tem neutralidade em termos de CO2 em todas as suas instalações, com referência às suas próprias emissões (Âmbito 1) e às dos seus fornecedores de energia (Âmbito 2). Além disso, foi comunicado um objetivo concreto para a pegada de CO2 da fase de utilização dos aparelhos Miele, que é responsável pela maior parte das chamadas emissões do Âmbito 3: até 2030, estas emissões deverão ser reduzidas em 15% em comparação com os níveis de 2019, com base no consumo total ao longo dos ciclos de vida de todos os produtos postos em circulação em 2019 e 2030, respetivamente. Como os objetivos de sustentabilidade da Miele contam comprovadamente para alcançar a meta de 1,5 °C estabelecida pelo acordo climático de Paris, ao qual a Miele aderiu em 2021, a confirmação foi obtida a partir da iniciativa de Objetivos de Base Científica (SBTi), altamente aceite.

Também desde 2021, a Miele tem vindo a processar o chamado aço verde no quadro de um programa-piloto que envolve os seus fornos. O equilíbrio de CO2 do aço verde é 66% mais favorável do que os métodos convencionais de produção, graças à sua utilização de sucata de aço e de fontes de energia amigas do clima. A crescente utilização de plásticos reciclados consagra ainda mais os princípios de uma economia circular e visa aumentar o volume de reciclagem para 7 500 toneladas por ano até 2025. Detalhes sobre todos os tópicos de sustentabilidade estão reunidos no Relatório de Sustentabilidade Miele de 2021 publicado em outubro passado.

Crescimento também em áreas profissionais e com novos campos de negócios

A unidade de negócios Profissional aumentou o seu volume de negócios em 6,2% ao ano e, com a sua tecnologia de lavandaria, máquinas de lavar louça industriais e áreas de produtos de tecnologia médica e laboratorial, contribuiu em 14% para as vendas globais. No setor comercial, não se tratava de um «boom» induzido pela COVID-19, mas após um prolongado período de dificuldades existem agora sinais claros de recuperação, por exemplo, em hotéis, restaurantes e casas de repouso.

O impulso veio sobretudo do novo purificador de ar móvel Miele AirControl, do setor laboratorial e da tecnologia de lavandaria, onde pequenas máquinas industriais (Little Giants) e a última série de modelos «The new Benchmark Machines» são grandes destaques. A plataforma de conectividade MOVE, lançada no ano passado, com a qual é possível monitorizar e efetuar a documentação de máquinas de lavar roupa e secadores industriais, promete um novo impulso em questões de conveniência, pois permite que o software de uma máquina seja atualizado de forma prática.

Promover o crescimento fora do negócio principal da Miele com eletrodomésticos e máquinas industriais é o objetivo da nova unidade de negócios «New Growth Factory». Também aqui, a orientação foi definida durante 2021 em dois aspetos altamente promissores:

• Com a aquisição da Otto Wilde Grillers em Düsseldorf, a Miele está a entrar no campo seminal da cozinha de exterior, com um vasto portefólio de soluções inovadoras e acessórios de alta qualidade para grelhar com gás e eletricidade.

• A recém-chegada mais recente é a empresa familiar Eurofilters com sede na cidade belga de Pelt e conhecida pelas suas soluções altamente eficazes baseadas em materiais não-tecidos utilizadas, por exemplo, em sacos de pó, máscaras faciais e na filtragem de sangue. A Eurofilters já produz uma grande proporção dos sacos de pó disponíveis na Miele.

Design2Excellence concluído com sucesso

No final de 2021, o programa Design2Excellence (D2E), lançado pela primeira vez no outono de 2018, foi concluído com sucesso. O objetivo de preparar o Grupo Miele para o crescimento e também reduzir permanentemente os custos em 193 milhões de euros por ano foi alcançado quase dentro do prazo previsto, apesar das dificuldades levantadas pela pandemia. Isto aplica-se igualmente à criação de 8 novas unidades de negócios e a um realinhamento das regiões de vendas, para além de um maior reforço da colaboração transfronteiriça, por exemplo, em vendas, logística, serviços e outras áreas. Até agora, o objetivo de poupança foi atingido em mais de 95%, pelo que alguns projetos do D2E ainda têm de ser completamente concluídos.

Outra notícia positiva é que as reduções de postos de trabalho necessárias para atingir estes objetivos ficaram muito aquém do número de cerca de 1070 postos de trabalho anunciado em 2019 a nível mundial. Em última análise, apenas cerca de 800 postos de trabalho associados aos D2E foram eliminados. Além disso, as reduções necessárias ao total dos postos de trabalho foram, em muitos casos, facilitadas pelo facto de os colaboradores atingirem a idade da reforma e através da reforma antecipada, flutuação natural e reafectação interna. Do outro lado da equação, foi empregue pessoal adicional numa escala considerável, por exemplo, para acesso a novas áreas de negócios, para reforçar a competência digital da Miele e para criar novas instalações.

No final de 2021, estavam empregadas no Grupo Miele um total de 21.921 pessoas em todo o mundo, o que equivale a 977 ou cerca de 4,7% mais do que há um ano e a um máximo de sempre. Na Alemanha, a Miele tem atualmente 11.397 empregados, o que quer dizer 331 ou 3,0% mais do que no final de 2020.

PUB
Capa da Revista



Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos