Notícias
Destaques
Artigos
Banco de imagens
Parceiros
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB

Sonae cresce 6% com sólido desempenho do portefólio e vendas atingem valor recorde de 6,8 mil milhões de euros
2021-03-24

Cláudia Azevedo, CEO da Sonae, afirma: “2020 foi um ano diferente. A pandemia Covid-19 impactou cada aspeto das nossas vidas e desafiou-nos enquanto organização. Enfrentámos disrupções profundas em áreas como a saúde e a segurança, o trabalho remoto, as cadeias de abastecimento e a aceleração digital. E não só estivemos à altura do desafio, como nos projetámos para o futuro.

Somos hoje uma empresa preparada para a era digital. A nossa resposta à pandemia distinguiu-nos de forma clara da concorrência. Nos nossos negócios de retalho, liderámos o caminho nas vendas online e na fidelização digital dos clientes. Marcas como o Continente ou a Worten viram as suas quotas de mercado no e-commerce atingirem valores bem acima das suas posições já de liderança em Portugal, contribuindo para um total de vendas online do grupo de cerca de 480 M€. No último ano, os nossos investimentos em tecnologia na Sonae IM aumentaram significativamente de valor, enquanto acelerámos a digitalização da interação com os nossos clientes no retalho, serviços financeiros e telecomunicações.

2020 foi um ano que comprovou a nossa agilidade coletiva. Movemos milhares de pessoas para trabalho remoto em apenas alguns dias, ajustámos compras e investimentos, adaptámos a capacidade das nossas redes de telecomunicações e das nossas entregas em casa dos clientes. Sem dúvida alguma, as mudanças organizacionais que implementámos nos últimos anos, aliadas ao talento jovem que se juntou ao grupo, foram fundamentais para atingir este nível de preparação e agilidade.

Sempre dissemos que a Sonae é mais do que a soma das suas partes. Isso nunca foi tão verdade como em 2020. As nossas pessoas e os nossos negócios apoiaram-se, aprenderam uns com os outros, e foram desafiados fazer melhor em conjunto. Estou incrivelmente orgulhosa e sensibilizada com o compromisso, a criatividade e o esforço feito pelas nossas pessoas durante a pandemia. É naturalmente graças às nossas pessoas que conseguimos chegar tão longe.

Este foi um ano que nos pôs à prova mais do que nunca e respondemos com propósito, permanecendo fiéis aos nossos valores. O nosso propósito deu-nos força para enfrentar os desafios e alcançar grandes progressos nos nossos compromissos ambientais e sociais, em especial no que diz respeito às emissões de carbono, à utilização de plásticos e à igualdade de género. Mas fomos mais além e reforçámos ainda mais o apoio às nossas comunidades. O nosso contributo superou os 14 M€ e mobilizámos os nossos negócios para doar milhares de bens e equipamentos de proteção individual a pessoas carenciadas e a profissionais de saúde e de segurança.

Globalmente, o portefólio diversificado de negócios líderes da Sonae manteve-se forte. Fomos capazes de aumentar o volume de negócios consolidado em 6,1% para 6.827 M€ e alcançar um EBITDA subjacente praticamente em linha com o de 2019. A solidez das nossas operações foi sustentada por uma gestão ativa de alocação de capital. Implementámos várias iniciativas de preservação de liquidez em todos os negócios e refinanciámos importantes linhas de crédito de forma a fortalecer ainda mais a nossa estrutura de capital. O nosso portefólio continuou a mostrar a sua capacidade de geração de cash flow e a dívida líquida consolidada do grupo diminuiu 47 M€ para 1.103 M€ nos últimos 12 meses.

Na Sonae, construímos um legado devido ao nosso foco no futuro. Acreditamos que os avanços científicos irão rapidamente controlar a pandemia. Mas 2021 não será um ano fácil. A nossa prioridade imediata continuará a ser a proteção das nossas pessoas, enquanto permanecemos comprometidos em servir os nossos clientes e criar valor para todos os nossos stakeholders. Para isso, teremos que ser incansáveis na inovação e adaptação a um ambiente em constante mudança. Simultaneamente, teremos que permanecer focados em fazer evoluir continuamente o nosso portefólio de investimentos, direcionando a alocação de capital para capturar oportunidades de crescimento de médio prazo e assegurar que a Sonae está preparada para o futuro. Esta sempre foi a nossa filosofia. Agora será mais necessária do que nunca.”

3. ANÁLISE CONSOLIDADA DE 2020

O desempenho consolidado da Sonae num ano tão desafiante provou os benefícios de possuir um portefólio equilibrado. Apesar de alguns setores terem sido afetados por severas restrições operacionais, globalmente o portefólio da Sonae apresentou um desempenho notável, sustentado por fortes propostas de valor, prontidão de resposta na frente digital e por uma rápida capacidade de adaptação a um contexto volátil.

Ano de crescimento apesar da pandemia

Do ponto de vista estatutário, o volume de negócios consolidado da Sonae cresceu 6,1% em termos homólogos para 6,8 mil milhões de euros, devido sobretudo ao contributo positivo da Sonae MC e da Worten. No 4º trimestre (4T), e apesar das várias restrições implementadas pelas autoridades nacionais, o volume de negócios consolidado da Sonae aumentou 6,6% em para 1,9 mil milhões euros.

O crescimento em 2020 foi fortemente impulsionado pelas vendas online, sendo que os principais negócios de retalho atingiram quotas de mercado online bastante acima das suas quotas de mercado já de liderança no offline. O total das receitas agregadas de e-commerce dos negócios da Sonae mais do que duplicou em 2020, atingindo cerca de 480 M€, o que comprova as competências digitais dos negócios da Sonae, num contexto de súbita aceleração do e-commerce.

Em termos de rentabilidade operacional, o EBITDA subjacente atingiu 187 milhões de euros (M€) no 4T, devido às restrições que afetaram principalmente a Sonae Fashion e a Sonae Sierra. No total do ano, o EBITDA subjacente foi de 593 M€, apenas 1% abaixo de 2019.

O resultado indireto situou-se em -59 M€, impactado negativamente por uma redução de 91 M€ no valor das propriedades de investimento da Sonae Sierra impulsionada pela pandemia, e positivamente pelas reavaliações no portefólio da Sonae IM de 39 M€. Apesar dos impactos negativos causados pela Covid-19, tanto a nível operacional como no que diz respeito à reavaliação de ativos, o resultado líquido da Sonae atribuível a acionistas foi positivo e atingiu 71 M€ em 2020.

Investimento supera 500 M€ com expansão orgânica e aquisições

Apesar do contexto, a Sonae continuou a apostar no desenvolvimento dos seus negócios, tendo o investimento total atingido os 502 M€, mais 25,7% ou 103M€ do que no ano anterior. Este capex da Sonae significativamente superior ao de 2019 demonstra a força financeira do grupo e confiança nas atuais estratégias dos seus negócios. Não só continuamos a investir na melhoria das nossas propostas de valor e na digitalização das nossas operações, como ainda reforçámos a nossa posição na NOS (+7,38%) e na Salsa (+50%).

Adicionalmente, a Sonae IM manteve a atividade regular de M&A, a Sonae Sierra concluiu a transação do Sierra Prime e a Sonae MC executou transações de sale & leaseback, gerando um encaixe total de 335 M€.

Estrutura de capital reforçada e dívida líquida diminui 4,1%

A Sonae gerou um Free Cash Flow de 220 M€ antes de dividendos pagos. Apesar deste ano desafiante, a Sonae foi capaz de alcançar uma melhoria do cash flow operacional dos negócios integralmente consolidados (+28,9% face ao período homólogo), o que, juntamente com a venda de ativos, mais do que compensou o cash despendido nas operações de M&A acima mencionadas. A geração de free cash flow da Sonae, juntamente com os dividendos pagos aos acionistas da Sonae e aos acionistas minoritários da Sonaecom e da Sonae Sierra (totalizando 166 M€ de dividendos em 2020), permitiu uma diminuição de 4% da Dívida Líquida face ao final de 2019, para 1.103 M€. Uma vez mais, a Sonae conseguiu reduzir a dívida líquida e reforçar ainda mais a sua estrutura de capital.

As condições de financiamento do grupo permaneceram robustas. Em 2020, a Sonae manteve, apesar das difíceis condições de mercado, um custo da dívida estável de cerca de 1,2% (cerca de 1,0% excluindo a Sonae Sierra), e o perfil de maturidade média manteve-se acima de 4 anos. Desde o final de 2019, a Sonae refinanciou mais de 750 M€ em linhas de crédito de longo prazo. De destacar os 225 M€ em empréstimos com enquadramento sustentável “ESG” e “Green” executados em 2020, que enfatizam o forte compromisso da Sonae com um futuro sustentável.

Gestão ativa do portefólio premiada com segundo unicórnio

Durante o 1S20, a Sonae Sierra criou com a APG, a Allianz e a Elo, o Sierra Prime, uma joint-venture líder no setor de imobiliário de retalho, e a Sonae Fashion anunciou a aquisição da restante participação de 50% na Salsa.

No 3T20 a Sonae reforçou a sua posição na NOS e anunciou o acordo de dissolução da parceria na ZOPT (quando concretizadas, estas operações irão garantir à Sonae uma posição autónoma de 33,45% na NOS). A NOS concretizou a venda da NOS Towering à Cellnex por um encaixe total de 375 M€ (que pode atingir 550 M€).

No 4T20, a Arctic Wolf - líder em operações de cibersegurança - após uma nova angariação de fundos com uma avaliação superior a 1,3 mil milhões de dólares, tornou-se o 2º unicórnio do portefólio de investimentos da Sonae IM, juntando-se à Outsystems.

Neutralidade carbónica e melhoria da pegada ecológica acelerada

Durante 2020, os negócios da Sonae reduziram as suas emissões de CO2 (âmbito 1 + 2) em 18% face ao ano anterior, o que está em linha com o seu compromisso de atingir a neutralidade carbónica das operações em 2040. Em 2020, 73% das nossas embalagens foram recicláveis, um importante passo para alcançar o nosso compromisso de assegurar plástico 100% reutilizável, reciclável ou compostável até 2025.

O CDP reconheceu os esforços ambientais do grupo e atribuiu à Sonae a classificação A - a mais elevada possível - apenas atribuída às empresas mais avançadas do mundo em termos de divulgação, sensibilização e gestão dos riscos ambientais, bem como detentoras das melhores práticas associadas à liderança ambiental.

Apoio à comunidade supera 14 M€ em resposta à situação de pandemia e às necessidades sociais

Face à pandemia e às necessidades sociais identificadas, a Sonae e as suas participadas reforçaram as suas políticas ativas de responsabilidade social, com o apoio direto à comunidade a superar os 14 M€ em 2020. A Sonae e os seus negócios promoveram a distribuição de milhares de bens (alimentares, não alimentares e EPIs) a instituições sociais, hospitais ou autarquias, e também a doação de centenas de computadores a escolas para apoiar o ensino remoto. Também as competências internas foram postas ao serviço da comunidade, através do apoio no sourcing internacional, logística de transporte e distribuição de EPIs para organismos públicos prioritários. Foram também promovidas campanhas de angariação de fundos pelas várias insígnias, em articulação com instituições de apoio social, tendo a Sonae potenciado o resultado das campanhas com a doação de alimentos e produtos de primeira necessidade.

PUB
Capa da Revista



Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos