Notícias
Destaques
Artigos
Banco de imagens
Parceiros
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB

Bosch Tech Compass: estudo global sobre o que as pessoas pensam e sentem sobre a tecnologia
2022-01-11

De que forma a tecnologia está a afetar atualmente a vida das pessoas em todo o mundo? Que esperanças e medos têm as pessoas em relação ao avanço tecnológico? E como variam as perceções entre os países? Num momento de tamanha mudança tecnológica, para a Bosch tornou-se essencial encontrar as respostas a essas perguntas. O resultado é o Bosch Tech Compass, um estudo representativo da população em geral realizado na China, Alemanha, Índia, Reino Unido e Estados Unidos, e que solicitou opiniões sobre uma ampla variedade de tópicos relacionados com tecnologia. Os entrevistados do Bosch Tech Compass concordam em muitas coisas: a grande maioria (72%) acredita que o progresso tecnológico torna o mundo um lugar melhor. Este relatório é apresentado pela Bosch a nível global na CES 2022, e visa encorajar as pessoas a olharem mais de perto o impacto positivo do progresso tecnológico num mundo globalizado.

Resumo de dados interessantes:

76% dos inquiridos acreditam que o progresso tecnológico terá um papel fundamental no combate às alterações climáticas;

83% dos entrevistados a nível global acham que o progresso tecnológico deve ser mais focado nos problemas da sociedade;

Duas em cada três pessoas em todo o mundo veem os ataques cibernéticos como o maior risco digital;

Globalmente, 37% dos entrevistados deixariam a Terra para viver permanentemente em outro planeta;

O mundo está dividido sobre se o progresso tecnológico está a ser usado o suficiente para enfrentar os principais problemas do nosso tempo – 55% concordam, 45% discordam;

Sobre os benefícios que esperam que a tecnologia e o progresso tecnológico tragam: a nível global, um quadro consistente emerge em todo o mundo - uma vida mais confortável (54%), segurança (51%) e trabalho mais fácil (49%) são as esperanças mais pronunciadas resultantes da tecnologia. Já num espetro regional, a maioria dos chineses (60%) espera que a tecnologia ajude a otimizar os seres humanos; essa esperança é consideravelmente menos pronunciada na Índia (37%), nos EUA (22%), no Reino Unido (19%) e na Alemanha (13%);

Numa perspetiva global, o hidrogénio (42%), a engenharia climática (40%) e biotecnologia (39%) são as tecnologias vistas como tendo o maior potencial para impulsionar a sustentabilidade no futuro.

Numa comparação global, sobre quão consideram que o seu país está preparado para o avanço do progresso tecnológico: a China (97%) está extremamente confiante, assim como a Índia (88%), os EUA (82%) e o Reino Unido (76%) também estão otimistas na sua grande maioria. Por sua vez, mais da metade dos alemães, acreditam que o seu país está mal ou muito mal preparado para o avanço da tecnologia.

PUB
Banco de imagens



Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos