Notícias
Destaques
Artigos
Banco de imagens
Parceiros
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB

Worten cresce 6% no segundo trimestre, com online a aumentar a dois dígitos
2020-09-17

No retalho de eletrónica, a Worten teve um forte 2T em termos de vendas e rentabilidade, apesar de contextos muito diferentes em Portugal e em Espanha.

A procura no canal online continuou a gerar crescimentos de vendas de dois dígitos, sendo o principal impulsionador do desempenho das vendas. Nesse contexto, apesar dos encerramentos em Espanha e como resultado do aumento online, o volume de negócios cresceu 6% em termos homólogos (LfL de 9% nas lojas), atingindo 250 M€ no 2T20 e 482 M€ no 1S20. Destaque para as categorias de TI e entretenimento que registaram um forte crescimento, facilmente compreendido face à situação atual.

No que se refere à rentabilidade, o EBITDA subjacente da Worten melhorou 7 M€ em termos homólogos, para 12 M€ (margem de 4,7%) no 2T, impulsionado pelo desempenho das vendas, nomeadamente em Portugal.

Cláudia Azevedo, CEO da Sonae, afirma: “O segundo trimestre de 2020 foi seguramente um dos trimestres mais desafiantes da história da Sonae. Após um bom início de ano, fomos atingidos pela pandemia Covid-19 em meados de março e foi durante o segundo trimestre que sentimos os principais impactos desta situação sem precedentes. Como afirmei em diversas ocasiões, a nossa principal preocupação desde o primeiro dia tem sido a saúde e a segurança das nossas pessoas, clientes e parceiros, enquanto continuamos a prestar serviços essenciais à sociedade e a apoiar as nossas comunidades. Todos os nossos negócios foram severamente afetados por este contexto adverso, mas tenho orgulho em dizer que a nossa resposta coletiva foi extraordinária. Sinto-me verdadeiramente honrada e privilegiada por liderar uma equipa tão resiliente e generosa. Os últimos meses mostraram não só a coesão e coordenação da equipa de gestão de topo da Sonae, mas também o forte empenho das nossas pessoas a servir os nossos clientes e a cuidar de todos os nossos stakeholders".

O desempenho consolidado da Sonae no 2T20 teve dois momentos distintos: o período de confinamento, até meados de maio, foi marcado por um forte impacto na maior parte dos nossos negócios, positivo no caso do desempenho de vendas da Sonae MC e da Worten Portugal e condicionado, na Sonae Sierra, na Worten em Espanha e na Sonae Fashion, visto terem sido forçados a suspender as suas operações durante este período.

Já no período pós-confinamento registou-se a reabertura de todas as lojas e a redução gradual das medidas restritivas, mas ainda com alguns centros comerciais a operar em horário reduzido e, portanto, a registar um menor número de visitantes.

Banco de imagens



Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos