Notícias
Destaques
Artigos
Banco de imagens
Parceiros
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB

96% dos consumidores consideram que plataformas e experiências de compras online são ‘Boas’ - Observador Cetelem
2018-06-11

Se os portugueses estão a aderir cada vez mais ao comércio online, muito se deve à qualidade de serviço e às vantagens que estas plataformas oferecem. A maioria considera mesmo que as suas experiências de compras online são bastante positivas e aponta com facilidade as vantagens deste canal face às lojas físicas.

Comprar uma viagem, um livro ou mesmo roupa. Crescem as alternativas na Internet com vista à aquisição dos mais variados produtos. E aumenta também a qualidade dos serviços prestados ao cliente. Não é por acaso que cada vez mais consumidores levam em consideração plataformas eletrónicas para fazer as suas compras.

De acordo com os inquiridos pelo Observador Cetelem eCommerce 2018, a experiência de compras online é percecionada como Boa ou Muito Boa por 96% dos consumidores que fizeram aquisições nos últimos 12 meses. A leitura estatística dos números indica que 72% dos shoppers online referem que a experiência em eCommerce foi boa, enquanto para 24% foi mesmo muito boa. Em contraponto, apenas 4% admite que não correu nada bem.

Vantagens do eCommerce

O Observador Cetelem procurou também conhecer as vantagens e desvantagens das compras online, de acordo com os consumidores. Entre os principais aspetos positivos das compras através da Internet, os portugueses destacam a comodidade e possibilidade de fazer compras em qualquer lugar e altura, aspeto mencionado por 68% dos inquiridos.

O facto de o eCommerce contribuir para minorar perdas de tempo com deslocações e eventuais filas nas lojas, com 59% e 55%, respetivamente, são outras vantagens apontadas pelos portugueses para a escolha das plataformas eletrónicas de comércio.

Mas as vantagens não se ficam por aí. Os participantes no estudo do Observador Cetelem referem ainda entre as vantagens a aquisição de produtos que não estão disponíveis em Portugal. Este é um aspeto ao qual 21% dos portugueses dão especial importância. É também apontado pelos shoppers online a qualidade dos produtos (16%) e a possibilidade de os receber em casa, sem deslocações desnecessárias (15%) e o acesso a novos produtos (14%) – um pouco ao encontro daqueles que veem no online a melhor forma de aceder a raridades e preciosidades. De destacar, ainda, que 12% dos inquiridos apontam os preços acessíveis como vantagem, enquanto 8% referem a simplicidade e rapidez do processo de compra.

PUB
Banco de imagens



Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos