Notícias
Destaques
Artigos
Banco de imagens
Parceiros
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB

Quais são os retalhistas mais produtivos da Europa?
2018-06-07

O retalhista mais produtivo da Europa é a italiana Esselunga, com 17.084 euros em vendas por metro quadrado. Seguem-se-lhe a Aldi Süd Irlanda (17.029 euros) e a belga Colruyt (16.769 euros).

Assim o indica o estudo da LZ Retailytics, sobre os 100 retalhistas mais produtivos da Europa. Para além dos três já mencionados, no top 5 constam, ainda, outra insígnia Esselunga, a Superstore (15.617 euros), a Aldi Süd Reino Unido (15.528 euros) e a Sainsbury's Local (14.722 euros).

De facto, o top 10 é protagonizado pelas ilhas britânicas, assinalando-se, ainda, as presenças da Tesco Express (14.540 euros), Lidl Irlanda (13.972 euros) e Morrisons (13.408 euros), aos quais se juntam a russa Azbuka Vkusa (13.910 euros) e a sueca ICA Nära (7.772 euros). “Todas estas cadeias têm um histórico comprovado de reagirem rapidamente às mudanças e tendências nos seus mercados. O seu perfil comum é o de um especialista em formatos, que oferece conceitos únicos e em constante evolução. Elevada orientação para o serviço, penetração da marca própria e preços agressivos são outros traços comuns”, indica o estudo.

Este top 10 aposta no investimento em tecnologia para melhor compreender o comportamento do consumidor e a maioria dos seus constituintes tem uma posição exclusiva nos seus mercados de origem, convertendo-se em especialistas do seu próprio formato. Uma experiência de marca consistente, uma sólida gama de marca própria e o equilíbrio entre os preços baixos e a perceção de qualidade também são importantes.

O discount é o formato mais presente nas 100 cadeias mais produtivas da Europa, com um total de 28 insígnias. Seguem-se os supermercados com 27, os hipermercados com 19 e os minimercados com 18. Já os cash & carries colocam oito insígnias no top 100.

A média de faturação das 100 cadeias mais produtivas da Europa ascende a 4.600 milhões de euros, com uma superfície média de vendas de 450 mil metros quadrados. O estudo exclui as insígnias com uma área comercial inferior a 40 mil metros quadrados.

O estudo também reflete que a macroeconomia de certos países e os fatores competitivos de cada mercado podem proporcionar um aumento da densidade das vendas. Dos 100 retalhistas mais produtivos, 23 têm origem no Reino Unido e 11 na Suíça. Holanda, França e Itália contam, cada uma, com sete representantes.

PUB
Banco de imagens



Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos