Notícias
Destaques
Artigos
Outros mercados
Banco de imagens
Banco de oportunidades
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB
Utilização da Internet está a alterar profundamente os hábitos de consumo dos portugueses
2012-07-17

“Os resultados do estudo Mediascope/ACEPI 2012 em relação a Portugal mais do que darem conta do extraordinário desenvolvimento do digital em Portugal, nas mais diversas áreas, convergem sobretudo para um aspecto da maior relevância: a Internet está realmente a mudar os hábitos de consumo dos portugueses. Esta mudança, que no nosso país é muito expressiva, vem abrir-nos novos caminhos e oportunidades de desenvolvimento e crescimento das empresas, dos negócios e até mesmo dos sectores. Se soubermos aproveitar esta oportunidade, a Internet pode constituir a pedra de toque da recuperação e da expansão da economia portuguesa nos próximos anos, a todos os níveis, facilitando grandemente o desafio da internacionalização que se impõe ao nosso país". Foi desta forma que Alexandre Nilo Fonseca, presidente da ACEPI, comentou os resultados do estudo recentemente divulgado pela associação e que confirma que a influência da Internet nas percepções dos consumidores sobre as marcas e os produtos é cada vez mais relevante e tem espaço para aumentar ainda mais o seu poder.

De acordo com o relatório, o acesso à Internet já não se faz apenas pela via tradicional do desktop. Cada vez há mais utilizadores a acederem através dos telemóveis, dos tablets e das consolas de jogo e há cada vez mais pessoas a verem televisão e a utilizarem a Internet ao mesmo tempo. O aumento do número de utilizadores de tablets irá reforçar ainda mais esta tendência.

59 por cento da população total de Portugal já está ligada à internet, um crescimento de 14 por cento nos últimos dois anos. 5,1 milhões dos utilizadores portugueses de Internet (57%) elegem o computador como o meio mais popular de acesso (51% desktop em casa e 79% laptop) e cerca de um milhão de portugueses revelou que acede à Internet através de um telemóvel (11% dos utilizadores portugueses).

Entre Setembro de 2011 e Fevereiro passado, os portugueses fizeram compras online no valor de1,630 milhões de euros Os portugueses estão também na linha da frente a nível das compras online e 97 por cento dos utilizadores recorrem à Internet para pesquisar informação sobre os bens que pretendem adquirir e 78 por cento compram online. Cada português faz em média, no espaço de seis meses, oito compras online, gastando uma quantia média de 427 euros. Viagens, roupa e acessórios, férias e bilhetes para espetáculos são os bens mais consumidos online.

PUB
Banco de imagens


Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos