Notícias
Destaques
Artigos
Banco de imagens
Parceiros
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB

El Corte Inglés ganha batalha legal sobre investimento do Catar
2018-02-22

O El Corte Inglés ganhou a batalha judicial que mantinha com a Corporación Ceslar sobre a entrada de um investidor do Catar.

A Audiência Provincial de Madrid considerou não ter havido qualquer delito na venda de 10% do capital do grupo espanhol ao ex-primeiro ministro do Catar, Hamad Bin Jassim Bin Jaber Al Thani, por 1.000 milhões de euros. De acordo com a Europa Press, os juízes entenderam que a operação foi “justificada”.

O tribunal recusou, assim, o recurso interposto pela Corporación Ceslar, que detém 9% do capital do El Corte Inglés, e que sustentava que poderia ter havido delitos de apropriação indevida, gestão desleal e corrupção entre particulares nesta operação. A Corporación Ceslar assegurava que não tinha sido informada da operação e denunciava o pagamento de 3,75 milhões de euros à Morgan Stanley por serviços de assessoria e de 19,5 milhões de euros a David Barreiro Nogaledo, por serviços de intermediação, através das suas sociedades Noganoir Capital, domiciliada em Singapura, e Tereze Capital, nos Emirados Árabes Unidos.

A sociedade, que engloba a participação dos cinco filhos de Luis Areces, irmão do fundador do El Corte Inglés, Ramón Areces, e da sua esposa, apresentou uma queixa contra os intervenientes na operação de financiamento, entre eles o presidente Dimas Gimeno. Contudo, os magistrados indicam que, para alcançar aquele montante de investimento, foi necessário recorrer a sociedades especializadas, cujo trabalho está documentado e pelo qual receberam aqueles honorários, os quais têm em conta o sucesso da operação.

PUB
Capa da Revista



Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos