Notícias
Destaques
Artigos
Outros mercados
Banco de imagens
Banco de oportunidades
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB

Tecnologia inteligente “made in Portugal”, um exemplo de sucesso nacional
2009-02-16

Numa altura em que tanto se fala em despedimentos, desinvestimentos, deslocalização e falta de “expertise” em Portugal, existem exemplos que contrariam estas tendências. A CWJ é um desses casos, uma organização diferente que mostra como Portugal também sabe fazer bem.

Chamamos-lhe diferente porque a empresa CWJ, sediada na Figueira da Foz, compete com o de que melhor se faz a nível mundial no desenvolvimento e fabrico de soluções eco-eficientes em electrónica de potência. Fundada em 1997, como uma “start-up” da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, a CWJ nasceu de um compromisso com a inovação tecnológica em sistemas electrónicos.

A empresa rapidamente centrou a sua actividade em soluções eco-eficientes baseadas em electrónica de potência e é hoje parceira de conceituadas marcas e organizações, que recorrem ao know-now português para aumentar a eficácia dos seus aparelhos ao nível da eco-eficiência. Por outras palavras, a CWJ é contratada por marcas e organizações internacionais para desenvolver soluções que permitam “produzir mais com menos e consumindo menos" e tem já tem provas dadas nos sectores da electrónica, telecomunicações, automóvel, refrigeração e iluminação, assegurando a certificação com a norma internacional NP EN ISO 9001:2000, atribuída pelo TÜV Rhainland Group.

A CWJ contribui assim para uma imagem distintiva e de confiança da investigação portuguesa e tem-se tornado um sinónimo de uma filosofia de gestão que leva à sustentabilidade. Contudo, já conhecida fora de fronteiras, ainda passa despercebida no mercado nacional, apesar de ser parceira de várias marcas do sector electro, conhecidas internacionalmente e para as quais desenvolve tecnologia de indução.

ApplianceARTS, uma marca de soluções eficientes

Recentemente a empresa investiu no mercado português, que até agora tem um valor residual na sua actividade, lançando a ApplianceARTS, uma marca criada para comercializar produtos da própria organização com soluções eficientes. A ApplianceARTS começou assim a sua actividade no mercado nacional, apresentando soluções de indução inteligente com níveis de performance que a empresa considera de excelentes.

A confiança na performance das placas de indução permite à marca assegurar cinco anos de garantia nos seus produtos e afiançar uma redução significativa da factura de energia eléctrica aos clientes finais, em média 171 euros por ano. “Estes resultados são possíveis graças às funções inteligentes, que permitem uma poupança até 60 por cento de energia, integradas num produto desenvolvido por portugueses em Portugal,” afirma Vítor Cardoso, responsável pelo marketing da organização.

Quatro funções inteligentes se destacam. A primeira, a Fervura Inteligente, é utilizada para cozinhar a uma fervura constante, mantendo as propriedades dos alimentos. Já a função de Fritar Inteligente é indicada para fritar a uma temperatura constante, sem esturricar os alimentos nem o óleo de fritar. Para os grelhados, é aplicada a função Grelhar Inteligente, utilizada para grelhar a uma temperatura constante, sem queimar os alimentos e sem os desagradáveis cheiros característicos dos grelhados. Finalmente, a função Cozinhado Delicado permite preparar cozinhados delicados e sem mexer.

Os que pensam que a tecnologia portuguesa com este grau de eficiência e qualidade se pauta por preços elevados desenganem-se. De acordo com Vítor Cardoso, “o consumidor pode adquirir a placa de indução modelo Classic, por exemplo, por 599 euros, investimento que é recuperado em menos de três anos, com uma poupança de energia que ronda os 60 por cento em relação a produtos equivalentes”.

ApplianceARTS: +351 233 407 950 - geral@cwj.pt

PUB
Capa da Revista


Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos