Notícias
Destaques
Artigos
Banco de imagens
Parceiros
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB

Páscoa tardia não penaliza vendas da Sonae
2019-05-20

As vendas da Sonae cresceram 8,9% para os 1.461 milhões de euros, um desempenho alcançado apesar do efeito de calendário adverso, com a Páscoa a realizar-se mais tarde que em 2018.

Praticamente todos os negócios contribuíram para este crescimento das vendas, em particular a Sonae MC e a Sonae Sierra, cujos resultados são agora consolidados integralmente nas contas do grupo.

O EBITDA subjacente cresceu 15,6% em termos homólogos, para 105 milhões de euros, com a Sonae MC a mostrar um desempenho particularmente positivo, e o EBITDA atingiu 136,1 milhões de euros, mais 34 milhões de euros face ao primeiro trimestre de 2018.

Este desempenho ao nível da rentabilidade operacional levou o resultado direto a atingir os 32,8 milhões de euros, mais de 23 milhões de euros acima do valor registado no mesmo período do ano passado. Assim, com o crescimento das vendas e a melhoria da rentabilidade operacional, o resultado líquido atribuível a acionistas aumentou 6,5% para 18,3 milhões de euros.

O investimento registou um aumento significativo de 64%, para 116 milhões de euros, sendo de destacar o investimento realizado pela Sonae MC, no início do ano, na aquisição da rede de parafarmácias e cosmética espanhola Arenal.

A Sonae MC aumentou 7,4% em termos homólogos para 1.048 milhões de euros, ultrapassando, assim, a marca dos mil milhões de euros. Esta evolução beneficiou da evolução positiva de 1,1% das vendas like-for-like, da expansão da rede de lojas com 14 novas lojas no primeiro trimestre, incluindo três Continente Bom Dia e um Continente Modelo, e da conclusão da aquisição da Arenal.

A Worten reforçou a liderança de mercado e cresceu no online. Durante os primeiros três meses, atingiu um volume de negócios de 237 milhões, face a 242 milhões de euros no período homólogo. Este desempenho das vendas foi impactado pela Páscoa tardia e por condições meteorológicas atípicas.

A Sonae Fashion continuou a mostrar um desempenho resiliente e cresceu acima de valores de referência de mercado. O volume de negócios total aumentou 1% em termos homólogos, atingindo 98 milhões de euros no final do trimestre, suportado por um forte desempenho das vendas omnicanal. Apesar do efeito de calendário adverso, as marcas da Sonae Fashion registaram um aumento de 4,4% numa base comparável, suportado por um forte crescimento do online (mais 40% em termos homólogos).

A Sonae FS manteve a evolução positiva registada durante 2018, com o volume de negócios a aumentar 16,7%, ascendendo a 8,1 milhões de euros. O cartão Universo continuou a reforçar o seu papel no mercado de pagamentos, com o número de cartões a atingir os 775 mil no final de março (mais 138 mil em termos homólogos).

O volume de negócios da Sonae IM aumentou 41% em termos homólogos para 44 milhões de euros, impulsionado pela integração da Nextel e da Excellium, sendo que numa base comparável o volume de negócios aumentou 18,7%, com o contributo positivo de quase todas as empresas

A Sonae Sierra registou um crescimento de 8,2% do volume de negócios, para 58 milhões de euros, e o EBIT mostrou uma vez mais um bom desempenho com um aumento de 8,6% para 29 milhões de euros. O resultado direto atingiu 20 milhões de euros, mais 15,6% em termos homólogos, impulsionado tanto pelo desempenho do portfólio europeu, como pela divisão de serviços.

Finalmente, as receitas operacionais da NOS atingiram 385 milhões de euros, mais 0,6% em termos homólogos, beneficiando de um crescimento das receitas de telco de 1,1%.

PUB
Banco de imagens



Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos