Notícias
Destaques
Artigos
Outros mercados
Banco de imagens
Banco de oportunidades
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB
Vendas consolidadas da Jerónimo Martins crescem 8,8%
2012-04-26

O Grupo Jerónimo Martins teve um bom início de ano, com o primeiro trimestre a registar crescimentos de vendas em todos os negócios da distribuição. Em termos consolidados, as vendas atingiram os 2.440 milhões de euros, afirmando-se, cada vez mais, a Polónia como a principal força propulsora do crescimento e da rentabilidade do grupo.

O trimestre fica marcado pelo desempenho da Biedronka, que representa já cerca de 70 por cento dos resultados operacionais. Nos primeiros três meses do ano, para além de prosseguir o seu acelerado ritmo de expansão, fechando o período com 1.908 unidades, a Biedronka garantiu ainda a conversão de 496 lojas para o novo layout com maior enfoque nos produtos frescos e padaria, a um ritmo médio de 6seislojas remodeladas por dia. De facto, em Portugal e na Polónia, o Grupo Jerónimo Martins gere duas realidades muito distintas, com envolventes e ritmos de expansão também muito diversos. A distância que separa o desempenho nos dois mercados tem vindo a aumentar nos últimos trimestres, reflectindo-se em contribuições cada vez mais díspares para os resultados consolidados.

Num trimestre em que a economia portuguesa sofreu uma contracção e em que se assistiu, em termos homólogos, a um agravamento do quadro recessivo, as vendas do Pingo Doce cresceram 2,1 por cento com a contribuição de sete novas lojas. O desempenho like for like (LfL) foi de -0,8 por cento, excluindo o combustível, reflectindo a continuada diminuição do ticket médio de compra apenas parcialmente compensada pela ligeira subida verificada no número de visitas às lojas.

Já o Recheio viu as suas vendas crescerem quatro por cento, em contraciclo com a tendência de queda continuada do segmento grossista.

O crescimento das vendas do Recheio resultou do aumento do LfL em 2,6 por cento e da contribuição da nova plataforma de food service.

O projecto Amanhecer, desenvolvido no âmbito de uma estratégia de cooperação comercial para dinamizar e fortalecer os retalhistas independentes da base de clientes do Recheio, continua a crescer tendo sido inauguradas, nos primeiros três meses de 2012, nove lojas, elevando o número total para 26 lojas aderentes.

PUB
Capa da Revista


Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos