Notícias
Destaques
Artigos
Outros mercados
Banco de imagens
Banco de oportunidades
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB
Alcochete é o concelho com maior ganho de poder de compra nos últimos 20 anos
2012-04-26

De acordo com os resultados do Sales Index da Marktest, nos últimos 20 anos, o concelho de Alcochete foi o que mais ganhou em índice de poder de compra regional. Se em 1992 o concelho concentrava 0,93 por cento do poder de compra do Continente (num total de 1000), em 2012 esse peso subiu para 1,87 por cento, mais do que duplicando o valor.

Em termos médios, o poder de compra deste concelho aumentou quatro por cento ao ano entre 1992 e 2012, o valor mais elevado entre os 278 concelhos do Continente. Este aumento do peso do concelho de Alcochete fica em parte a dever-se ao acréscimo populacional que tem apresentado. De acordo com o INE, entre os Censos de 1991 e de 2011, o concelho aumentou em 73 por cento o número dos seus residentes.

O concelho do Óbidos é o segundo com maior aumento no seu índice de poder de compra, que também quase duplicou nas últimas duas décadas. O concelho assistiu a um aumento médio de três por cento ao ano.

Benavente foi o terceiro concelho que mais cresceu em termos de poder de compra, com uma variação média anual de 2,8 por cento entre 1992 e 2012, o mesmo valor aliás de Castro Marim que também integra a lista dos concelhos com maiores ganhos neste índice.

Considerando o valor do índice de poder de compra para a média dos 20 anos em análise, a lista é encabeçada pelo concelho de Lisboa, que concentra 137,71 por cento. Mas este concelho é também aquele que regista uma maior quebra no período em análise, especialmente devido à perda de população a que tem assistido. Em 20 anos, o concelho perdeu 116 mil habitantes.

O concelho do Porto é o que regista o segundo índice de poder de compra mais elevado, de 46,48 por cento para a média dos 20 anos considerados. É seguido pelo concelho de Sintra, com uma média de 30,90 por cento no mesmo período. Loures, Vila Nova de Gaia, Cascais, Oeiras, Almada, Matosinhos e Amadora completam a lista dos 10 concelhos que entre 1992 e 2012 concentraram um maior valor do índice de poder de compra.

PUB
Capa da Revista


Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos