Notícias
Destaques
Artigos
Banco de imagens
Parceiros
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB
Dados de mercado: Tecnologias de informação sofrem quebras de dois dígitos face a 2008
2010-02-19

Segundo o GfK TEMAX, os sectores de equipamento de escritório e tecnologias de informação sofreram quebras de dois dígitos na facturação, respectivamente de 27,3 e de 12,7 por cento. Os segmentos da fotografia, electrónica de consumo e telecomunicações também apresentaram variações homólogas negativas, se bem que mais ligeiras, de 2,3, 2,2 e 2,1 por cento, respectivamente.

Nos últimos três meses do ano, o mercado de produtos tecnológicos gerou 804 milhões de euros, o que corresponde a uma quebra na facturação de 5,3 por cento, em relação ao período homólogo. Analisando a evolução durante o ano 2009, o volume de vendas do mercado foi de 2.616 milhões de euros, valores que representam uma quebra de 10,8 por cento em relação a 2008. O sector mais penalizado foi, à semelhança do verificado no quarto trimestre, o de equipamento de escritórios e consumíveis (-30,9%).

Nesta última etapa do ano, este sector apresentou uma variação homóloga negativa de 27,3 por cento, com um volume de vendas de 54 milhões de euros. A GfK registou uma redução na procura de impressoras e multifuncionais, o que, por sua vez, resultou numa quebra na facturação dos tinteiros, que são um produto complementar.

Da mesma maneira, a facturação do mercado de tecnologias da informação também continuou em queda, mantendo, no quarto trimestre, a tendência dos períodos anteriores. O sector valeu menos 12,7 por cento, caindo a facturação para os 147 milhões de euros.

Analisando a evolução anual da facturação, pode verificar-se um pico nas vendas entre o terceiro e o quarto trimestre de 2009 mas, no total do ano, as tecnologias da informação não escaparam a uma descida de 15,1 por cento face a 2008.

Leia o artigo completo aqui

PUB
Banco de imagens



Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos