Notícias
Destaques
Artigos
Banco de imagens
Parceiros
Guia de Marcas
Newsletter
Quem somos
Contactos

PUB
Garmin fecha o primeiro trimestre do ano com crescimento de 8 %
2019-05-14

A Garmin acaba de anunciar os resultados financeiros relativos ao primeiro trimestre de 2019, período no qual alcançou uma faturação de 766 milhões de dólares, o que supõe um novo crescimento de 8%, face ao ano anterior.

As divisões de Fitness, Outdoor, Náutica e Aviação cresceram cerca de 12% face ao mesmo período do ano anterior. Em destaque fica o crescimento acentuado das divisões Náutica e Aviação, com um aumento de 18% e de 17%, respetivamente, seguido pela divisão de Fitness, com 9%.

De acordo com declarações de Salvador Alcover, diretor geral da Garmin Iberia: “As receitas e os benefícios cresceram, na sequência do crescimento a dois dígitos dos sectores de náutica, aviação, fitness e outdoor. A Garmin vai iniciar, com otimismo, o período de vendas da segunda metade do ano. O catálogo de produtos da marca é muito sólido, reforçado pelos últimos lançamentos, e pelos lançamentos que estão previstos para o corrente ano”.

Dados e principais novidades por sectores

Durante este primeiro trimestre, a marca destaca os resultados dos segmentos de Náutica e Aviação, situando a faturação em 133,968 e 170,776 milhões de dólares, respetivamente; 18% e 17% mais que entre Janeiro e Março de 2018. Neste caso, as margens brutas demostraram a sua força, com um crescimento de 58% (náutica) e de 75% (aviação).

No setor Náutico, a forte procura dos plotters cartográficos e das sondas Panoptix™ LiveScope da Garmin beneficiaram o crescimento. Outra boa noticia foi a nomeação da Garmin como 2018 Supplier of the Year pela Independent Boat Builders, Inc.

No setor da aviação os bons resultados são fruto dos sistemas de pós-venda, das soluções ADS-B e a introdução de novos produtos. O sucesso da atualização do sistema de visualização G1000® NXi para o Citation Mustang também contribuiu para o êxito deste segmento. Além disto, a Garmin obteve o título de Melhor Fornecedor do Ano em Sistemas Elétricos pela mão da Embraer, premiando o design e o fabrico das inovadoras infraestruturas de voo.

No que diz respeito ao setor de Fitness, os wearables lideraram o crescimento conseguindo alcançar 180,256 milhões de dólares, o que supõe um crescimento de 9% face ao trimestre análogo de 2018. As margens brutas e operativas foram de 50% e 10%, respetivamente. Durante este período o destaque foi para a aquisição da marca Tacx, aumentando assim a influência e alcance no mercado de ciclismo indoor. Um dos últimos lançamentos deste sector foi a gama Forerunner® 45, 245 e 945, pensada para aqueles que procuram fiabilidade e motivação para se tornarem melhores atletas. Ao setor do fitness chegou também a função de seguimento do ciclo menstrual, uma ferramenta que ajudará as mulheres a obter toda a informação necessária e a poderem controlar os sintomas físicos e emocionais para a gestão de treinos mais produtivos.

Por sua vez, a divisão de Outdoor faturou 154,051 milhões de dólares, o que representa 7% mais que durante o primeiro trimestre do ano anterior, em grande parte devido aos versáteis e completos relógios da série fēnix® e ao lançamento da coleção MARQ® da Garmin, a série de relógios inteligentes formada por cinco modelos sofisticados e modernos que personalizam um dos estilos de vida promovidos pela Garmin: Aviação, Automóvel, Náutica, Outdoor e Fitness. Esta gama redefine o conceito de relógio seguindo uma nova linha de inspiração que combina a tecnologia e a exclusividade e que se adapta aos estilos de vida mais exigentes. Também neste período foi lançada a nova gama de cores da série Garmin Instinct, um relógio resistente com GPS desenhado para adaptar-se aos ambientes mais duros e fabricado conforme o standard militar dos EUA 810G de rendimento térmico e resistência face às quedas e à água. Outro dos lançamentos chave foi o Approach® S40, o melhor aliado para os amantes do golfe. Neste sector, a margem bruta situa-se em 63% e os resultados operativos mantém-se nos 27%.

Finalmente, no segmento Automóvel as receitas diminuíram 10%, principalmente devido à contração do mercado. Contudo, alcançaram-se marcos importantes como a aliança com o Grupo BMW, que confere à Garmin o estatuto de principal parceiro de projeto e produção de módulos de infotainment.

Principais novidades

O primeiro trimestre de 2019 iniciou com importantes novidades para a Garmin em todos os seus segmentos, gerando um grande protagonismo no que diz respeito a números. Neste sentido, os wearables assumiram um papel relevante entre Janeiro e Março. No que diz respeito a ações e eventos enquanto patrocinador ou parceiro de eventos desportivos, a Garmin terminou mais uma edição da bem-sucedida edição Garmin Titan Desert, na qual foi patrocinador principal, à que somará a 3ª Garmin Team Trail Experience, que terá lugar nos próximos dias 15 e 16 de junho. Também, na estratégia delineada ao longo dos últimos anos, um dos seus dispositivos estrela, o Forerunner® 645, foi eleito como o relógio oficial de uma das provas desportivas mais importantes, a maratona de Barcelona. A par dos bons resultados, a Garmin também está a celebrar este ano o seu 30º aniversário. Durante estes 30 anos, a marca que começou no setor náutico soube ampliar com êxito a sua atividade a novos estilos de vida e novas áreas.

Visão de futuro

Para além dos números, a empresa está a alcançar muitos reconhecimentos. O último chegou da Forbes que posicionou a Garmin como a quinta grande empresa com os melhores colaboradores dos EUA.

Por último, face ao segundo trimestre deste ano, tendo em consideração o importante investimento em investigação e desenvolvimento que se espera permitirá manter um elevado volume de lançamentos anuais, a empresa continuará a lançar dispositivos avançados, versáteis e adaptados às necessidades de todos os seus utilizadores para cada um dos segmentos nos quais opera.

PUB
Capa da Revista



Mercado

L.Branca/PAE

Multimédia

Exclusivos